SAIR
 
AXNews
Newsletter Aluísio Xavier
 
   
Câmara dos Deputados Federais - 18/02/2011 | OUTROS
Projeto de juristas quer limitar medidas que visam retardar o processo
AUMENTAR A LETRA DIMINUIR A LETRA
Agilizar a Justiça é outro destaque do novo Código de Processo Penal elaborado por uma comissão de juristas (PL 8045/10, do Senado). A propostas restringe o uso de determinados recursos que podem ser utilizados como medidas para retardar o andamento do processo.



O texto limita o uso dos embargos de declaração, recurso utilizado quando se quer esclarecer omissão ou ambiguidade de acórdãos dos tribunais de apelação, câmaras ou turmas. Pela proposta do Senado, para cada acórdão caberá apenas um embargo de declaração, limite inexistente na legislação atual. A restrição a esse tipo de recurso decorre do fato de eles serem amplamente utilizados como instrumento para atrasar o cumprimento da sentença ou atrasar os julgamentos.



No início de fevereiro, por exemplo, o Supremo Tribunal Federal (STF) alterou a forma de discussão dos embargos declaratórios para não atrasar o julgamento do processo do mensalão. Na ocasião, o ministro Joaquim Barbosa acusou a defesa de um dos réus de tentar "tumultuar" o processo lançando mão deste tipo de recurso.



Aceleração processual



Além disso, a proposta cria o "incidente de aceleração processual". Esgotado o prazo para a instrução do processo, o juiz pode lançar mão dessa ferramenta para garantir que atos sejam realizados nos finais de semana, feriados ou fora da jornada de trabalho. Pode ainda convocar servidores extras para realizar os atos de comunicação e expediente necessários.



Tanto a limitação dos embargos declaratórios quanto o "incidente de aceleração processual" foram criticados pelos advogados, que não trazem qualquer uma dessas iniciativas no Projeto de Lei 7987/10, sugerido pela Instituto dos Advogados do Brasil e apresentado pelo deputado Miro Teixeira (PDT-RJ).

 
 
   

MAIS NOTÍCIAS RELACIONADAS

Ordem dos Advogados do Brasil - 21/02/2011
Ordem investiga casal suspeito de fazer captação ilícita de clientes
Conselho Nacional de Justiça - 21/02/2011
Advogados também têm que passar por detector de metais
Supremo Tribunal Federal - 21/02/2011
Governo do Paraná ajuíza ADI contra resolução do CNJ sobre precatórios
Tribunal Superior do Trabalho - 21/02/2011
Sétima Turma afasta responsabilidade subsidiária da União pedida em ação autônoma
Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região - 21/02/2011
Diferença maior em relação ao cálculo do perito não implica pagamento dos honorários pelo exequente
Tribunal Superior do Trabalho - 21/02/2011
TST - SESCOOP não é obrigado a realizar concurso público para contratar pessoal
Superior Tribunal de Justiça - 21/02/2011
STJ - Prorrogação de patente de remédio no país de origem não estende a proteção no Brasil
Jus Brasil Noticias - 22/02/2011
Detector de metais é obrigatório para todos
Jus Brasil Noticias - 22/02/2011
Unimed deve pagar prótese de platina a paciente
Câmara dos Deputados Federais - 18/02/2011
Projeto de juristas quer limitar medidas que visam retardar o processo
Info Online - 10/02/2011
Empresa quer fim do e-mail durante o trabalho
Info Online - 11/02/2011
Semáforo de LED evita pane e gera economia
Agência Fapesp - 12/02/2011
Quanto cabe de informação no mundo?
Exame.com - 09/02/2011
Ajuste de 4,5% da tabela do IR ainda depende de acordo
Exame.com - 09/02/2011
Investidores vislumbram lucro com informações sigilosas
Revista Consultor Jurídico - 11/02/2011
Juíza de Buritis explica decisão de banimento
Revista Consultor Jurídico - 10/02/2011
CNJ procura empresas para qualificar trabalhadores
Revista Consultor Jurídico - 10/02/2011
Lei não pode destinar custas judiciais para entidade
Revista Consultor Jurídico - 10/02/2011
CNJ visita cadeia pública prestes a cair na PB
Revista Consultor Jurídico - 10/02/2011
STJ reduz indenização de homem com nome no SPC